As Safadas – Erotismo e Contos Amorais

(***1/2)

As Safadas” é uma comédia de baixo orçamento da “Boca do Lixo” dividida em três episódios dirigidos, respectivamente, por  Carlos Reichenbach (“Rainha do Fliperama“), Inácio Araújo (“Uma Aula de Sanfona“) e Antonio Meliande (“Belinha, a Virgem“).

 Os grandes atrativos são o erotismo e as deliciosas Zilda Mayo, Sandra Graffi e Vanessa Alves, “atrizes” principais de cada segmento.

  1º Rainha do Fliperama (**)

Na periferia de São Paulo, Reginéia é chamada de A Rainha do Fliperama e é explorada por seu cafetão Giba em apostas com os outros clientes. Inesperadamente, seu antigo namorado Tenório, também conhecido por Tezinho, vem ao fliperama procurando Reginéia. Ela se aproxima de Tenório e acaba discutindo com o ciumento Giba. Mas logo Reginéia descobre o quão inseguro e medíocre que é Tenório.

Este primeiro episódio é muito fraco e confuso, com um desenvolvimento muito pobre do importante personagem Tenório. A trama serve apenas de pretexto para mostrar Zilda Mayo e Jonia Freund nuas e em situações eróticas.

2o  Uma Aula de Sanfona (***)

Em São Paulo, a bancária Nanci e sua amiga Cristina vieram de Ribeirão Preto e dividem um apartamento em um edifício de classe-média baixa. Nanci briga com o seu amante Valdemar e fica aborrecida em seu quarto. Quando o seu vizinho Durval Pereira do andar superior começa a dar aula de acordeão para uma menina, ela fica irritada com o barulho feito pelo homem. Pouco depois, o chuveiro elétrico do apartamento não funciona e Cristina pede a Durval se ele pode consertá-lo. Neste meio tempo, Valdemar vem ao apartamento e Nanci decide usar o seu vizinho para deixar seu namorado enciumado. Nanci provoca Durval e eles fazem sexo. Durval prova ser um amante perfeito e Nanci fica apaixonado pelo homem. Quando ela decide visitá-lo durante uma aula de acordeão, ela descobre que a música é proveniente de um gravador e que Durval na verdade é um pedófilo.

Este episódio do crítico de cinema Inácio Araújo começa com um plágio ou homenagem à “Janela Indiscreta”, com uma longa tomada de um edifício por uma janela dos fundos. Sandra Graffi tem um corpo maravilhoso e vale a pena vê-la nua. A conclusão é surpreendente e totalmente amoral.

3o  “Belinha, a Virgem” (***1/2)

Em São Paulo, o dia do casamento da virgem Belinha com um rapaz classe média alta está se aproximando contra a vontade da mãe do rapaz. Belinha não permite intimidade com o seu noivo antes do casamento, mas ela na verdade é uma garota de programa que faz de tudo com homens mais velhos desde que permaneça virgem. Quando sua futura sogra pede ao padre da paróquia para verificar se Belinha é virgem ou não, a garota usa seus melhores argumentos para resolver a situação.

Este episódio amoral e excitante é muito engraçado e erótico, com a deliciosa  Vanessa Alves no papel de uma “vagaba” que engana seu ingênuo noivo.

Para maiores detalhes deste filme, ver o link abaixo:

http://www.imdb.com/title/tt0197845/usercomments-1

Explore posts in the same categories: Filmes, Televisão

Tags: , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 104 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: