O Corcunda de Notre Dame (1939) – Um Clássico de Partir o Coração

Nota: 8

No final do Século XV (a história passa-se em 1482), na Festival dos Bobos em Paris, o deformado tocador de sino Quasimodo é eleito o Rei dos Bobos. A bela cigana Esmeralda não tem a necessária permissão para entrar em Paris e procura santuário em Notre Dame com o Arcebispo de Paris.

O irmão do Arcebispo, o Chefe de Justiça Frollo, sente desejo reprimido pela dançarina egípcia e tenta forçar Esmeralda a ir com ele para a torre da Catedral. Entretanto, ela foge e Frollo manda Quasimodo sequestrar a bela jovem.

Quasimodo pega a moça, mas ela é resgatada pelo Capitão Phoebus e se apaixona por ele. Quasimodo é preso e sentenciado a 50 chibatadas na praça em frente a Notre Dame. Quando ele implora por água, Esmeralda é a única pessoa a dar água para ele.

Neste meio tempo,  Esmeralda ajuda o poeta Gringoire, que vai ser enforcado pelo Rei dos Mendigos, aceitando se casar com Gringoire para salvá-lo da forca.

Esmeralda “namora” com o Capitão Phoebus em uma festa, e ele é esfaqueado nas costas pelo ciumento Frollo. Esmeralda é acusada de assassinato e de bruxaria e é sentenciada à forca. Mas Quasimodo resgata Esmeralda e traz ela para o santuário de Notre Dame e expressa seu amor pela cigana.

Neste meio tempo se exacerba a luta de classes entre os nobres liderados por Frollo, que quer enforcar Esmeralda, e o povo, liderados pelos mendigos, ciganos e poetas, que querem proteger a moça.

O Corcunda de Notre Dame” é um dos romances mais cruéis da literatura e do cinema, passando-se na idade das trevas na França. Victor Hugo, também autor de “Os Miseráveis”, publicou este romance de partir o coração em 1831, descrevendo a luta de classes na sociedade francesa no final da Idade Média através da cruel e dramática história de injustiça da bela Esmeralda e do deformado Quasimodo.

Nesta versão de 1939, Charles Laughton está assombroso, com uma maquiagem que beira a perfeição e com uma atuação memorável  e Maureen O’Hara está belíssima no papel da sedutora cigana.

Para maiores detalhes deste filme, ver o link e a cena abaixo:

http://www.imdb.com/title/tt0031455/reviews-68

Explore posts in the same categories: DVD, Filmes

Tags: , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

One Comment em “O Corcunda de Notre Dame (1939) – Um Clássico de Partir o Coração”


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: