Morrendo e Aprendendo – Um dos Filmes Mais Adoráveis dos Anos 90

Nota: 9

Em 1959, em São Francisco, a telefonista Penny Washington deixa seus três filhos para ir trabalhar no turno da noite. O tímido cantor Harrison Winslow fica com medo do palco e desiste de sua apresentação. A garçonete Julia é proposta em casamento por seu namorado e não aceita; logo ela se arrepende e vai atrás dele.  O ladrão Milo Peck tenta recuperar uma valiosa coleção de selos que ele roubou de um garoto.

Eles embarcam em um ônibus e o motorista Hal se distrai enquanto está dirigindo e tem um sério acidente onde ele e os passageiros morrem. Neste meio tempo, Frank Reilly está levando sua esposa grávida Eva Reilly para o hospital. Frank consegue se desviar do ônibus, mas Eva fica nervosa e tem o nenem no carro. As almas dos quatro passageiros tornam-se os anjos da guarda e amigos invisíveis do menino Thomas Reilly. Sete anos depois, Penny, Julia, Harrison e Milo concluem que eles estão prejudicando o garoto e eles decidem ficar invisíveis também para ele.

Trinta e poucos anos depois, Hal retorna com seu ônibus para buscá-los e o quarteto descobre que tiveram todos aqueles anos para resolver as pendências de suas vidas. Eles pedem para Hal “enrolar” e dar um pouco mais de tempo para eles resolverem suas pendências e eles decide aparecer para Thomas, que é um homem de negócios durão e indeciso em relação a seu relacionamento com sua namorada Anne, e pedem para ele ajudá-lo a resolver seus problemar para se tornarem almas livre. No final, Thomas também se torna um homem melhor.

Morrendo e Aprendendo” é um dos filmes mais adoráveis dos anos 90. O escritor usa a idéia central do bem sucedido “Ghost” (1990) para fazer uma comédia espirituosa e deliciosa, com efeitos especiais estado-de-arte em 1993.

Kyra Sedgwick, Tom Sizemore, Alfre Woodard, Charles Grodin e Robert Downey Jr. mostram uma química fantástica e parecem estar se divertindo durante as filmagens deste filme. Kyra Sedgwick mostra um belo sorriso o tempo todo e Robert Downey Jr. está hilário. A presença de B.B. King dá um tom de cult a este filme, que tem uma messagem positiva no final. Eu não me lembro quantas vezes eu assiti este filme em VHS nos anos 90. Ontem eu vi “Morrendo e Aprendendo” em DVD pela primeira vez e eu só lamento que não tenha nenhum extra, apenas o filme.

Para maiores detalhes deste filme, ver o link e o filme abaixo:

http://www.imdb.com/title/tt0107091/reviews-63

Explore posts in the same categories: DVD, Filmes

Tags: , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: