O Assassino da Internet – Um Filme Feito para TV Razoável Baseado em uma História Real

Nota: 6

Em Boston, o brilhante estudante de medicina Philip Markoff é o primeiro de sua turma na Universidade de Boston, com um futuro promissor. Quando ele conhece a bela Megan McAllister, eles se apaixonam um pelo outro e vão morar juntos em um apartamento. Seis meses depois, eles viajam para Nova Jersey e Philip propõem Megan em casamento.

Contudo, Philip também é um homem disfuncional, que posta no site erótico Craigslist que ama submissão e travestis e procura massagistas para submetê-las a submissão e roubá-las.

Quando ele mata brutalmente uma massagista de Nova Iorque, os detetives Bennett e Frye fazem a investigação e descobrem o lado sombrio do promissor médico.

O Assassino da Internet” é um filme feito para TV razoável baseado na história real de um homem que é um brilhante aluno, mas também um pervertido com sérios problemas.

O roteiro não mantém o mistério sobre o comportamento de Philip Markoff e apenas relata a sua sombria história. O  romance de Philip e Megan no começo é muito longo, talvez com a intenção de explicar o seu amor por ele, e não há nenhuma explicação para o comportamento de Philip.

Para maiores detalhes deste filme, ver o link abaixo:

http://www.imdb.com/title/tt1772373/reviews-12

Para quem gosta de filme dublado, segue o filme completo:

Explore posts in the same categories: DVD, Filmes

Tags: , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

4 Comentários em “O Assassino da Internet – Um Filme Feito para TV Razoável Baseado em uma História Real”

  1. Lari Says:

    O tema do filme desperta interesse pois trata-se de uma història real, mostrando o quanto estamos vulneraveis a pessoas mal intencionadas. Atualmente sequestradores, psicopatas estao buscando suas vitimas através de redes socias, sendo a principal delas o Facebook. Devemos ter cuidado ao expor nossas vidas na rede! O filme è bom, porem o lado psicologico do personagem Philip poderia ser explorado melhor, como por exemplo a relação com seus pais biologicos, que foi pouco abordada. A agressividade de Philiph quando conversa com a mãe tambem foi mal explicada.

  2. Uliane Says:

    Gostei do filme, sempre me intriga o fato dos piores bandidos parecerem ser sempre bons moços.Cruz Credo uai!!!

  3. Adam Says:

    Eu interpretei de um jeito diferente: A ideia é que não existem pessoas perfeitas. Philip era bonito, muito inteligente, gentil, popular, todos gostavem dele, tinha uma uma noiva bonita e sua vida parecia ser perfeita, mas ninguém imaginaria que ele fosse um gênio louco que molestava e roubava mulheres ao mesmo tempo que estudava e era o cara mais incrível do mundo. Ninguém tem uma vida perfeita sem momentos ruins como a de Philip parecia ser! Isso é absoluto, uma pessoa pode ser bonita, inteligente, gentil, etc, pode se mostrar perfeito à sociedade, mas em alguma parte da vida tem muita porcaria! foi isso que eu pensei 🙂

  4. Jorge Freitas Says:

    Concordo, plenamente como o cometário acima. Quantos de nós não parecemos pefeitos a sociedade e até mesmo condemamos e criticamos certos atos que deparamos, quando na verdade praticamos isso obscuramente. É isso mesmo!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: