Diário de uma Garota Perdida – Com um Pouco Mais de Amor, Ninguém na Terra Jamais se Perderia!

(****1/2)

A adolescente Thymian Henning mora com seu pai Karl Friedrich Henning e sua tia em uma casa confortável. Quando a governanta Elisabeth, que está grávida, é despedida, ela se suicida e é encontrada afogada.

Seu pai traz Meta, a nova governanta, e logo ele flerta com ela. Thymian é seduzida pelo farmacêutico Meinert , que está comprando a farmácia de seu pai no térreo. Thyamin fica grávida e seu pai dá o bebê Erika para uma babá e coloca sua filha em um reformatório.

Neste meio tempo, o inútil Conde Osdorff é deserdado por seu tio que diz para ele se virar. Karl Henning se casa com Meta e Thymian decide fugir da escola com a ajuda do Conde Count Osdorff.

Durante a noite, Thymian foge do reformatório com uma amiga que dá um endereço para Thymian e para o Conde. Logo ela descobre que o local é um bordel de luxo e sem outra alternativa para sobreviver, Thymina passa a trabalhar no lugar.

Anos depois, seu pai morre e Thymian herda tudo. Mas ela precisa de uma nova identidade e ela se casa com o Conde e torna-se Condessa. Contudo, quando ela vê sua irmãzinha deixando a casa com seu pequeno irmão e Meta, ela doa a sua fortuna para a criança. Quando o Conde Osdorff descobre que ela desistiu da fortuna, ele se suicida.

Agora o velho Conde Osdorff  se sente responsável pela morte do sobrinho e promete ajudar Thymian a ter uma vida melhor. Mas ela ainda está sendo assombrada por seu passado.

Diário de uma Garota Perdida” é uma obra-prima de Georg Wilhelm Pabst, com uma história complexa de uma adolescente que tem sua vida destruída pela intolerância de sua família após um erro irreparável pela ótica de uma sociedade de 1929.

 

A trama tem muitas viradas e cenas sutis, como por exemplo o debut de  Thymian no bordel, com um cliente beijando-a no quarto e apagando a luz do abajur.

Louise Brooks está entre as atrizes mais belas da história do cinema e sua atuação é impressionante, como usual. A última frase do Conde “- Com um pouco mais de amor, ninguém na Terra jamais se perderia!” fecha o filme com chave de ouro.

Para maiores detalhes deste filme e para curtir Louise Brooks, ver o link e os filmes abaixo:

 http://imdb.com/title/tt0020475/reviews-42

Explore posts in the same categories: DVD, Filmes

Tags: , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

One Comment em “Diário de uma Garota Perdida – Com um Pouco Mais de Amor, Ninguém na Terra Jamais se Perderia!”


  1. [...] a cínica e amarga Louise Brooks revela detalhes de “A Caixa de Pandora” e de “Diário de uma Garota Perdida” e sobre seu colega Carl Goetz; sobre seu relacionamento com o diretor expressionista Georg [...]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 104 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: